Padre Adriano celebra amanhã última missa na comunidade católica de Irapuru

13011801

Após quase seis anos como pároco de Irapuru, atendendo também a Flora Rica, padre Adriano assumirá na segunda feira a paróquia da Sagrada Família de Lucélia. Durante todo esse tempo fez muitos amigos e desenvolveu um grande trabalho nessas comunidades.
O processo de transferência de padres de uma paróquia para outra, dentro da Diocese de Mária é comum quando se completa seis anos de atividades e, a decisão é de responsabilidade do Bispo Diocesano.
Diante desse fato, ele encaminhou a este jornal uma carta dirigida a todos os irapuruenses.

Irapuru, janeiro de 2018.
Há tempo de começar e tempo de terminar
Queridos amigos de Irapuru e Flora Rica,
No dia 12 de fevereiro de 2012 , comecei meu ministério sacerdotal nas queridas cidades de Irapuru e Flora Rica por designação de Dom Osvaldo Giuntini. E agora no dia 14 de janeiro de 2018 termino minha missão como pároco nas paróquias de Santa Genoveva de Irapuru e São José de Flora Rica, e assim no próximo dia 20 de janeiro recebo a nomeação de pároco nas paróquias Sagrada Família de Lucélia e Santa Luzia de Pracinha.
Com esta mensagem , me despeço e agradeço de todos e estimados amigos e fiéis que tive a oportunidade de conviver neste tempo. Foram seis anos gratificantes em meu ministério sacerdotal . Conheci aqui pessoas de uma fé sólida, encontrei famílias que tocaram profundamente o meu coração pelo exemplo de sua vida cristã, testemunhei de perto o amor de muitos pela igreja de Cristo; emocionei-me com tantas coisas boas que foram acontecendo e com a generosidade de muitos.
Quero, também, dizer-lhes “Deus lhes pague” pelas orações por minha pessoa e pela colaboração generosa e constante nos serviços de nossas paróquias e também nas obras do lar Santa Genoveva, feita muitas vezes, com renúncia e sacrifício, mas certamente com amor e alegria. Peço-lhes que continuem colaborando nos serviços de nossas paróquias. Acolham com o mesmo carinho que me dispensaram, o meu irmão o padre José Ferreira, que certamente será um bom pastor para as Paróquias São José de Flora Rica e Santa Genoveva de Irapuru.
Toda despedida é um afastar-se, não sem dor, de pessoas e lugares que amamos; é um despojar-se de projetos, sonhos para começar uma nova vida, percorrer novos caminhos, fazer novas experiências. Na vida, há sempre tempo de começar e terminar.
A todos, a minha bênção, meu cordial abraço, com votos de saúde e paz.
Muito obrigado por tudo!
Unidos na oração,
Com a minha bênção,

Pe. Adriano dos Santos Andrade


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.