Situação da lagoa de tratamento da Fundação Casa de Irapuru é crítica

30091704

A lagoa de tratamento das duas unidades da Fundação CASA (Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente) de Irapuru apresentam problemas há muito tempo, sendo alvo de muitas reclamações da parte dos proprietários rurais do entorno daquele centro de execução de medidas socioeducativas. As unidades ficam localizadas no terreno da antiga escola do Bairro Pureza.
Há muito apresentando vazamento, a situação atual da lagoa chegou a um nível de calamidade, provocando o que pode ser considerado um verdadeiro crime ambiental.
Recentemente, os vereadores Almir Costa (PT) e José Felício Furlan Trevisan (PTB) foram informados por proprietário rural acerca do rompimento da lagoa de tratamento e foram verificar a situação de perto. Ao chegarem no local constataram que a lagoa se rompeu e transbordou outros quatro tanques de contenção que foram ali construídos, e a água contaminada desce livremente, podendo chegar até nascentes que alimentam o córrego do Paturyzinho que passa pelas proximidades.
“Em abril de 2013, fiz uma indicação na Câmara para questionar o problema de vazamento que acontecia na lagoa da Fundação Casa, além de outros transtornos como mau-cheiro; poluição de córrego e solo; e prejuízo aos agropecuaristas das imediações. Desde lá pouco foi feito, e o problema somente se agravou” – comenta o vereador Almir.
O vereador lembra que durante determinado tempo um caminhão limpa-fossas realizava a limpeza da lagoa e despejava os dejetos na rede de esgoto de nossa cidade, mas o serviço deixou de ser feito, o que colaborou para a situação crítica em que se encontra a lagoa de tratamento.
“É um problema muito sério, que está afetando a qualidade de vida dos moradores daquela região do município, causando riscos à sua saúde. Também tem a questão dos animais que bebem da água dos açudes e córrego, que provavelmente estão contaminados. A situação é crítica e queremos uma resposta e solução dos responsáveis” – reitera o vereador José Felício.
Na seção da Câmara Municipal, no úlimo dia 17 de agosto, o problema mais uma vez foi questionado pelo vereador Almir, e o requerimento direcionado ao presidente da Fundação Casa, ao diretor da Unidade Fundação Casa de Irapuru e ao prefeito municipal Silvio Ushijima, para que sejam tomadas as devidas providências no sentido de resolver o problema.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.