Grades de bocas de lobo não oferecem segurança

02091701

O sistema de escoamento de águas pluviais de Irapuru data da década de 1960, sendo projetado e construído para evitar alagamentos e enchentes nas áreas mais baixas de nossa zona urbana.
Tal rede de tubulações e dispositivos de drenagem é até hoje considerado eficiente, pois ao longo de todos estes anos não foram registrados alagamentos de grandes proporções como já aconteceu em cidades vizinhas.
No entanto, apesar da eficiência do sistema, há a deterioração de partes do mesmo, sendo necessário que sejam feitas manutenções.
Leitores chamaram a atenção para o grande número de grades de proteção de bocas de lobo que apresentam problemas, causando risco à segurança de pedestres e motoristas.
Em uma rápida verificação nas ruas da área central é possível encontrar grades quebradas, deslocadas e tortas, além de algumas bocas de lobo entupidas por folhas e lixo.
As irregularidades nas grades que protegem as bocas de lobo podem causar acidentes com pedestres que podem sofrer ferimentos ao passar por cima das mesmas, ou ainda causar prejuízos e avarias em veículos que forem estacionados em cima de tais proteções.
As grades de proteção das bocas de lobo servem para evitar que pessoas caiam dentro dos poços de escoamento, como no caso de enxurradas fortes. Em um caso recente, na cidade de Presidente Prudente, uma mulher foi arrastada pela enxurrada até uma boca de lobo sem proteção, o seu corpo foi encontrado dias depois na cidade de Marabá Paulista, a 95 Km de distância. Acontecimentos como este mostram a importância de proteção nestes dispositivos de escoamento.
A fim de evitar futuros incidentes e responsabilização da municipalidade, é necessário que o setor responsável faça um levantamento dos problemas e realize a manutenção das grades e bocas de lobo avariadas.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.