Nesta semana terão início as obras de reforma da EE Prof. José Edson Moysés

Prefeito comemora conquista diante da complexa planta da reforma e ampliação do prédio.

Prefeito comemora conquista diante da complexa planta da reforma e ampliação do prédio.

Segundo anúncio feito pelo prefeito municipal de Irapuru Antonio Donizeti Cícero, nesta semana terão início as obras de reforma do prédio da Escola Estadual Professor José Edson Moysés, mais conhecido como Colégio.

De acordo com a informação, há muito as necessidades de se proceder a uma ampla reforma, bem como a ampliação daquela escola, vinha sendo reivindicada pela administração e, após o pedido ter sido liberado e ao mesmo tempo realizado todos os procedimentos de abertura de licitação pública, finalmente as  obras, orçadas em  aproximadamente R$ 1.170.000,00, foram anunciadas como prontas para início.
O prefeito admite que muitas barreiras foram encontradas  pelo  caminho até que a autorização fosse oficializada. Lembra ele, que a ajuda do deputado estadual Mauro Bragato foi de grande importância para que o pedido fosse liberado.
Além de ampla reforma,  em todo o sistema hidráulico e elétrico, uma pintura geral também está prevista no projeto. Para atender a alunos com deficiências ou cadeirantes, será construido um elevador, já que o prédio se serve de escadas para acesso ao piso superior.
Mais  seis  salas serão construidas para  atender a demanda e, além da reestruturação da cozinha, um refeitório será construido oferecendo assim, mais comodidade para os alunos, quando no recreio e durante a merenda. A quadra também será beneficiada durante esses trabalhos.
Para o prefeito municipal, há muito aquela escola necessitava de uma reforma e, tão logo foi cientificado de todas essas necessidades, começou um trabalho na busca de recursos  para  sua concretização.
O prefeito Tonho, assegura  que por se tratar de um assunto delicado, com vários itens a serem atendidos, o processo demorou, porém lembrando de que “em nenhum momento a administração se acomodou nesta reivindicação”. Ele admite que fez questão de acompanhar por várias vezes a situação do processo na Capital do Estado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.